Slow Food Brasil

Cadastre o seu e-mail e receba novidades:

11866443 1479292929059078 2916747955926420578 n

Sustentabilidade em pauta na primeira Virada do Cerrado

Mais de 30 entidades, incluindo o convívio Slow Food Cerrado, são parceiras da Secretaria do Meio Ambiente do Distrito Federal na realização da Virada do Cerrado, que acontece de 11 a 13 de setembro com programação colaborativa.

Durante três dias, o Distrito Federal vai celebrar o Cerrado e a consciência ambiental na “Semana do Cerrado”, incluída no calendário oficial de eventos em cumprimento da Lei 4.939/2012.

Organizada por um comitê de entidades e coletivos comprometidos com a sustentabilidade socioambiental e o desenvolvimento de consciência crítica das dimensões da sustentabilidade - econômico, social, ambiental, cultural, ético, político, estético - a primeira Virada do Cerrado é uma iniciativa da Secretaria do Meio Ambiente (Sema), Instituto Brasília Ambiental (Ibram) e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

Mais que um evento, a Virada do Cerrado é um grande programa colaborativo de mobilização e educação ambiental que promove atividades socioambientais, educativas, esportivas e culturais. Integra o poder público, organizações da sociedade civil e setor privado em um grande movimento pela sustentabilidade. O objetivo é que o programa de caráter continuado tenha uma celebração anual, unindo entretenimento, mobilização social e responsabilidade socioambiental.

Nos dias 11 e 12, a programação da Sema, Ibram, Sebrae e Funarte contará com múltiplos atores debatendo os temas Água, Agroecologia e Consumo Consciente. O secretário de Meio Ambiente, André Lima, dará as boas vindas à mesa de abertura da Virada do Cerrado. Em seguida a agenda continua com seminários sobre o uso sustentável da água, estratégias de mobilização social e educação ambiental, com participação do ator e produtor de alimentos orgânicos Marcos Palmeira e a diretora da Carta da Terra Internacional, Mirian Vilela. No dia 13, a programação será repleta de atividades esportivas e culturais.

Diversas atividades estão sendo organizadas também pelas Administrações Regionais. Em Itapoã, por exemplo, haverá caminhada e limpeza do parque ecológico da região. No Parque Ecológico do Paranoá, os visitantes encontrarão piquenique, palestras, competição de pipa, musicais e pintura de rosto. Em Planaltina, os participantes poderão fazer trilhas ao redor do Parque Sucupira e assistir vídeos ambientais. No Jardim Botânico de Brasília será inaugurado o Cerratenses — Centro de Excelência do Cerrado.Já em Santa Maria haverá mutirão de criação e instalação de lixeiras feitas com pneus e montagem de jardins, além de curso de produção de sabão caseiro.

O movimento Slow Food está engajado desde as primeiras reunões sobre o projeto e integra o Comitê Criativo da Virada do Cerrado. O convívio Slow Food Cerrado está preparando a segunda edição do Festival Gastronômico Cerrado Week entre os dias 11 e 20 de setembro onde o público poderá percorrer diversos estabelecimentos da capital e de algumas cidades de Goiás para conhecer os sabores do Cerrado.

“Acreditamos que os cozinheiros são os melhores intérpretes do território e conseguem traduzir o terroir com criatividade, inovação e inclusão. Nesse processo, conseguimos fomentar toda a cadeia produtiva e ao mesmo tempo, trabalhamos de forma lúdica a sustentabilidade e a defesa do nosso amado bioma”, ressalta a coordenadora-geral do evento e líder do convívio Cerrado, Ana Paula Jacques.

Para Jean Marconi, facilitador da região Centro-Oeste do Slow Food, a potencialidade dos frutos do cerrado ainda é pouco conhecida para o grande público. “Temos mais de 200 frutos com potencial para a alimentação humana, mas não conhecemos mais de 10 exemplares. Por isso é importante o incentivo a produção local, o que gera renda a agricultura familiar e garante todo o frescor proporcionado pela sazonalidade do cerrado”.

A Virada do Cerrado quer que a população se envolva ativamente em cada uma dessas iniciativas, apropriando-se não só do espaço público como também da responsabilidade pela preservação do mesmo.

A programação inicial já está disponível no site “Tô na Virada”, o canal oficial de divulgação do evento. Conheça também as organizações e entidades que fazem parte do Comitê Criativo.

Serviço:
Virada do Cerrado – Cidadania e Sustentabilidade
De 11 a 13 de setembro, em diversas regiões do DF.
Programação no site: http://tonavirada.org/
www.facebook.com/tonavirada

Festival Gastronômico Cerrado Week
De 11 a 20 de setembro, em diversos estabelecimentos do DF e algumas cidades de Goiás.
Acompanhe as atualizações na fanpage do evento: www.facebook.com/cerradoweek

Conheça mais sobre Slow Food InternacionalFundação Slow Food para BiodiversidadeTerra MadreUniversidade das Ciências Gastronômicas

» SLOW FOOD BRASIL | Login »»

© 2013 Slow Food Brasil. Todos os direitos reservados aos autores das fotos e textos.
Não é permitido reproduzir o conteúdo deste site sem citar a fonte, link e o autor.
Design e desenvolvimento: DoDesign-s