Slow Food Brasil

Cadastre o seu e-mail e receba novidades:

IMGP1512

Um grupo de 11 convivas do Slow Food Cerrado saíram de Brasília no domingo, 28/10 , para colher cajuzinho do cerrado em TaboquinhaGO.

Texto: Thalita Kalix
Fotos: Jean Marconi

Dona Ana e seu Zilas foram os mentores do passeio e anfitriões. Produtores de licores e extrativistas de frutos do cerrado, eles receberam o grupo em sua propriedade, serviram café da manhã e almoço e mostraram a grande área preservada que cuidam e de onde tiram seu sustento.
IMGP1516
"Nós temos essa propriedade há mais de dez anos. Mas tem pouco mais de dois que descobrimos que poderiamos vender os frutos que colhemos", contou dona Ana, ressaltando que a vegetação do local nunca foi queimada.
Além do cajuzinho do cerrado, o grupo ainda pôde colher cagaita, alguns jatobás e conhecer bem mais da flora do nosso bioma. Com o carinho de dona Ana, os convivas do Slow experimentaram não só as frutas in natura, como algumas das possibilidades de preparos como o picles de cagaita, o doce de mangaba, mousse de araticum e o pudim de cagaita. Fora os sucos naturais das frutas. IMGP1468

"A experiência que tivemos aqui é um dos pilares da filosofia do Slow Food: aproximar os consumidores dos produtores", ressaltou o líder do Convívio Cerrado, Jean Marconi. E os efeitos são só positivos. Além do grupo ter aprendido mais sobre o bioma e seis frutos, a troca de experiências foi grande. Agora, o casal que também tem uma pequena fábrica de papel reciclado, já busca mais sementes nativas para ampliar as colheitas.

IMGP1538

Conheça mais sobre Slow Food InternacionalFundação Slow Food para BiodiversidadeTerra MadreUniversidade das Ciências Gastronômicas

» SLOW FOOD BRASIL | Login »»

© 2013 Slow Food Brasil. Todos os direitos reservados aos autores das fotos e textos.
Não é permitido reproduzir o conteúdo deste site sem citar a fonte, link e o autor.
Design e desenvolvimento: DoDesign-s