O pior exemplo de pesca cruel é a dos tubarões. A sopa de barbatana de tubarão, muito estimada em certas partes da Ásia, é agora moda em alguns países ocidentais, infelizmente. Antes de pedir uma porção em algum restaurante supostamente sofisticado, lembre-se que levanta questões éticas em pelo menos duas frentes:

- No topo da cadeia alimentar, este grande predador desempenha um papel fundamental no equilíbrio do ecossistema em que vive. Se o número de tubarões é muito reduzido, a presa aumentará em número e exercerá pressão excessiva sobre o próximo nível abaixo da cadeia alimentar. Este fenômeno é chamado de cascata trófica. A pesca de tubarões tem graves repercussões sobre os seus números, porque eles se reproduzem a um ritmo muito lento, e ao contrário de outros peixes, produzem poucos ovos. Eles simplesmente não deve ser capturados.

- De acordo com a coalizão internacional Shark Alliance, a prática do "finning" está se tornando muito comum para satisfazer a procura de barbatanas de tubarão para a sopa: os tubarões são içados a bordo de barcos de pesca, as barbatanas são cortadas e o resto do tubarão é jogado de volta no mar, muitas vezes ainda vivo. Mesmo na Austrália e em outros países onde a remoção das barbatanas é proibida, a prática continua.