Slow Food Brasil

Cadastre o seu e-mail e receba novidades:

chef italiano Fulvio Pierangelini apresenta a sua receita para preparar um prato muito requisitado.

Uma deliciosa pré-estréia do Teatro do Gosto que será apresentada em Turim para o Salone del Gusto e Terra Madre

Como diz a chef americana Alice Waters: "Quando se tem os ingredientes melhores e mais saborosos, é possível cozinhar de forma muito simples e a comida será extraordinária porque terá o gosto do que é." Esta filosofia é o que orienta o conceituado chef italiano Fulvio Pierangelini, que apresentará a sua passatina di ceci con gamberi(purê de grão-de-bico com camarões) durante a oficina 'Pratos que Fizeram História' do Teatro do Gosto no Salone del Gusto, no mês de outubro 2012, em Turim.

 

Fundador de restaurante de duas estrelas Michelin, Gambero Rosso, na Toscana, Pierangelini é um símbolo da cozinha mediterrânea, conhecido por trazer excelência a pratos simples através de sensibilidade gastronômica e combinações inspiradas. Nesta entrada famosa de purê de grão-de-bico e camarões levemente cozidos no vapor, a combinação bem sucedida de apenas seis ingredientes se baseia fundamentalmente na qualidade dos camarões frescos (veja como escolher camarões sustentáveis abaixo), grão-de-bico, azeite de oliva extravirgem e sal e pimeta.

Aqui está a receita da passatina di ceci con gamberi, o prato símbolo de Fulvio, que será apresentado durante o seu Teatro del Gusto em Turim.

Rendimento: Para 4 pessoas

Ingredientes

  • 100 gramas de grãos-de-bico secos
  • 800 gramas de camarões
  • um dente de alho
  • um raminho de alecrim
  • azeite de oliva extravirgem
  • sal, pimenta preta

Deixe os grãos-de-bico de molho por 12 horas, escorra, enxágue e cozinhe numa panela com bastante água salgada e temperada com alho e alecrim por 40 minutos.

No final do cozimento, escorra os grãos e passe numa peneira fina. Descasque os camarões, retire o intestino das costas e cozinhe-os no vapor. Sirva o purê de grão-de-bico em pratos fundos e ponha alguns camarões por cima. Tempere com um fio de azeite, sal e pimenta a gosto.

Segundo alguns alunos de Fulvio Pierangelini, depois de passar os grãos-de-bico na peneira, o creme é batidocom um mixer de imersão, adicionando um fio de óleo até obter um creme liso e mole.

Escolhendo camarões bons, limpos e justos

Muitos camarões (camarão-tigre negro, camarão-tigre, camarão branco) disponíveis nos supermercados no mundo todo são criados em águas tropicais e devem ser evitados. As criações de camarões são responsáveis pela destruição de manguezais com enormes repercussões ambientais, sociais, e culturais. A pesca de camarões selvagens com rede de arrasto tem o índice de captura incidental mais elevado do que qualquer outra técnica de pesca comercial.

Escolha camarões selvagens capturados de forma sustentável ou camarões criados organicamente em sua região.

Visite o Slow Fish website para mais dicas e outras fontes de referência: www.slowfood.com/slowfish

Conheça mais sobre Slow Food InternacionalFundação Slow Food para BiodiversidadeTerra MadreUniversidade das Ciências Gastronômicas

» SLOW FOOD BRASIL | Login »»

© 2013 Slow Food Brasil. Todos os direitos reservados aos autores das fotos e textos.
Não é permitido reproduzir o conteúdo deste site sem citar a fonte, link e o autor.
Design e desenvolvimento: DoDesign-s