Slow Food Brasil

Cadastre o seu e-mail e receba novidades:

O Convivium Produtos da Terra Rio Grande do Sul tem como principal objetivo promover a valorização do alimento bom, limpo e justo, buscando especialmente fortalecer agricultores familiares através da aproximação entre produtores e consumidores. A partir do Convivium Produtos da Terra, esperamos consolidar a idéia de um Convivium temático. Temático, pois a motivação que agrega os participantes deste Convivium propõe construir vínculos e relações para além dos limites espaciais demarcados por um município ou região. Os vínculos que queremos criar e fortalecer são entre Comunidades do Alimento, outros agricultores e consumidores, com participação de gente dos meios acadêmico e gastronômico. Ainda, entendemos os produtos da terra como aqueles cuja procedência e processo de produção são transparentes ao consumidor: alimentos produzidos (e consumidos) em uma perspectiva local, a partir de procedimentos avaliados como ambiental, social e economicamente sustentáveis, enraizados em um território e em uma cultura.

O Convivium Produtos da Terra Rio Grande do Sul pretende desenvolver atividades no sentido da valorização da relação direta entre agricultores e consumidores, destacando a troca de saberes e experiências, processo que deverá ser potencializado pela relação desde já estabelecida com a Cooperativa GiraSol, uma importante iniciativa de Porto Alegre em torno do tema do consumo consciente. É assim que, fortalecendo as Comunidades do Alimento e os produtos da terra, pretendemos promover alimentos bons, limpos e justos.

O Convivium Produtos da Terra será lançado em 13 de dezembro de 2008 (sábado), às 15h em Porto Alegre. Veja a programação:

Nos dias 23 a 27 de outubro, em Turim, Itália, acontecerá o encontro mundial da Rede Terra Madre reunindo comunidades do alimento, chefs de cozinha, docentes e jovens provenientes de todo o mundo empenhados em trabalhar para promover uma produção alimentar local, sustentável e respeitosa dos métodos herdados e consolidados no tempo.

As comunidades do alimento são grupos de pessoas que produzem, transformam e distribuem alimentos de qualidade de forma sustentável e estão fortemente ligadas a um território do ponto de vista histórico, social e cultural.

No dia no dia 12 de outubro de 2008, em Natal/RN, o Convivium Potiguar (célula local do Movimento Slow Food) e a Chef Adriana Lucena, integrante da rede Terra Madre, promovem a Feijoada Beneficente em apoio à ida da Comunidade da Castanha de Caju (Coopercaju) de Serra do Mel que representará o Estado do Rio Grande do Norte no referido evento.

Contamos com sua valorosa colaboração em divulgar e comparecer.

Embora tenha sido formalizado em 2006, as iniciativas para se formar um Convivium em Pirenópolis começaram em 2004, logo após minha participação no primeiro Terra Madre.

A participação neste evento superou minhas expectativas. Os cinco dias de vivências e convívio com participantes do mundo todo e com nossos anfitriões (desde os envolvidos diretamente na organização, até as famílias que nos hospedaram) mais do que reafirmar a empatia, acenderam uma grande chama de paixão em meu coração.

Foi com muita emoção que voltando ao Brasil e à Pirenópolis quis mostrar aos meus amigos e conhecidos, que atuavam em áreas afins, o grande movimento que falava a nossa língua: em defesa da soberania dos povos, por uma alimentação saudável, por um mundo mais justo, por uma vida mais feliz.

Projeto Semeando Gosto e Saúde  
O gosto tem que ser aprendido e tem que ser ensinado. Eis o pressuposto impulsionador deste projeto. Conscientizar a população da importância do consumo de produtos agroecológicos. Para tanto, iniciamos com o apoio de alunos de agronomia da Universidade Federal Rural de Pernambuco a plantar  hortas e realizar palestras em algumas instituições de ensino (faculdades e ONG's).

No próximo dia 22 de julho, terça-feira, o Convivium São Paulo promove junto com a Sociedade Brasileira dos Amigos do Vinho (SBAV-SP) um jantar de comida brasileira harmonizado com vinhos biodinâmicos e orgânicos escolhidos pelo especialista Edecio Armbruster, diretor sócio-cultural da Sociedade e membro do Movimento. O cardápio, comentado pela líder do Convivium Cenia Salles e assinado pelo chef Newton Figueiredo, privilegiará ingredientes orgânicos, preparações regionais e produtos protegidos pela Fortaleza Slow. 

Confira o cardápio e os vinhos escolhidos:

Menu

  • Entrada: Legumes grelhados com queijo coalho e farinha ovinha de Uarini ao néctar de abelhas nativas
  • Prato principal: Escondidinho de mandioca e mangarito com carne seca
  • Acompanhamento: Arroz vermelho com crocante de licuri
  • Sobremesas: Creme de cupuaçu e doce de umbu 

Rótulos

  • Avondale Sauvignon Blanc 2006 - África do Sul
  • Iphöfer Kronsberg Silvaner Kabinett trocken 2005 -Francônia, Alemanha
  • Crozes-Hermitage Les Meysonniers 2006 - Rhône, França
  • Ijalba Múrice Crianza 2003 - Rioja, Espanha
  • Wachenheimer Rechbächel Riesling Auslese - Palatinado, Alemanha  
Serviço
  • Quando: 22 de julho, terça-feira
  • Quanto: R$ 70,00 para sócios e imprensa; R$  100,00 para não-sócios
  • Onde: SBAV-SP - Alameda Gabriel Monteiro  da  Silva,  2586
  • Confirmação até sexta-feira, dia 18/07:  (11) 3814-7905, com Nelson
  • Outras informações: www.sbav-sp.com.br

 

Conheça mais sobre Slow Food InternacionalFundação Slow Food para BiodiversidadeTerra MadreUniversidade das Ciências Gastronômicas

» SLOW FOOD BRASIL | Login »»

© 2013 Slow Food Brasil. Todos os direitos reservados aos autores das fotos e textos.
Não é permitido reproduzir o conteúdo deste site sem citar a fonte, link e o autor.
Design e desenvolvimento: DoDesign-s