Slow Food Brasil

Cadastre o seu e-mail e receba novidades:

Nesta semana recheada de eventos gastronômicos, acontece também a Semana Unificada de Apresentações (SUA) e a Jornada de Hotelaria, Gastronomia e Turismo,  no Centro Universitário Senac.  A SUA está na sua quarta edição e tem como objetivo divulgar os trabalhos interdisciplinares dos cursos de Bacharelado em Turismo, Bacharelado em Hotelaria e dos cursos Superiores de Tecnologia em Hotelaria e Tecnologia em Gastronomia.

O objetivo da Jornada é aproximar temas atuais e relevantes aos alunos, por meio de palestras, workshops, oficinas e feira de oportunidades, em que empresas parceiras do Senac divulgam suas vagas para trabalho e programas de estágio e outras possibilidades dentro das carreiras.

Esse ano, a Jornada para universitários e convidados conta ainda com uma palestra e um debate que trazem ao mundo acadêmico o Universo Slow:

Debate sobre os filmes-documentários O Professor da Farinha e Seu Bené Vai a Itália, de Teresa Corção e Manoel Carvalho. Com Ludmilla Fonseca, vice-lider do Slow São Paulo.   10 junho, das 13h30 às 15 hs,  sala 213.  

Palestra sobre o universo Slow, com a líder do Slow Food São Paulo, Cenia Salles.
12 junho, das 13h30 às 15 hs,  sala 213. 

Centro Universitário Senac - Campus Santo Amaro Ala A - Bloco Acadêmico  Tel. 11 5682-7300

Entre os dias 12 e 15 de junho acontece em São Paulo o 2º Laboratório de Cozinha Brasileira Paladar junto com o São Paulo Food & Wine. Numa parceria entre o Grand Hyatt São Paulo e Estadão, o evento vai reunir grandes nomes estrangeiros da gastronomia e enologia com consagrados chefs e cozinheiros brasileiros (Alex Atala, Edinho Engel, Beto Pimentel, Ana Soares e Mara Salles, só para citar alguns),  com destaque para ingredientes nacionais e especialidades regionais de Norte a Sul. Serão aulas, palestras, mesas redondas, degustações, almoços e jantares.  

A valorização de alimentos regionais e técnicas esquecidas através de eventos como este vem de encontro à proposta do Movimento que inclui ações para promover o intercâmbio de informações sobre produtos e comidas que definem a identidade cultural de um povo. Por isto, o Convivium São Paulo e o Hotel Grand Hyatt selaram um acordo para que os associados do Slow Food de todo o Brasil tenham um desconto de 10% em qualquer atividade. Basta mencionar que é membro do Slow no ato da inscrição. 

Faça sua inscrição pelo telefone 11 6838-3177,  das 9 às 21 horas.

Veja toda a programação das atividades e preços no site www.saopaulofoodwine.com.br

No inicio do mês de maio de 2008, entre os dias 01 a 04, aconteceu a Bio Brazil Fair, no Pavilhão da Bienal, no Parque do Ibirapuera. Trata-se de uma feira de produtos orgânicos e naturais, onde os consumidores podem comprar produtos diretamente dos produtores, com uma estimativa de 19.000 visitantes. E nós estivemos lá.

Uma estreita colaboração entre o convívio Slow Food Piracicaba e o grupo local de agricultura orgânica permitiu a organização da Semana do Alimento Orgânico, entre os dias 30 de maio e 06 de junho de 2008. Eventos dos mais diversos foram concebidos com o intuito de promover uma reflexão sobre referências de qualidade na alimentação. Trata-se de uma iniciativa impregnada do espírito Slow Food: prazer e reflexão em torno do ato alimentar.

Confiram a programação abaixo. Esperamos uma grande participação!

 

Recife dos Mercados e dos Grandes Mestres da Cozinha Pernambucana

                Recife, sábado, 7h da manhã. Cedo? Pensou que era o Galo da Madrugada? Pois errou feio... Enquanto que os primeiros raios de sol ainda se responsabilizavam em despertar a cidade, um grupo, também muito animado, o do Convivium Slow Food Recife, já estava de pé. Muita energia e fome no ar, redescobrir a cidade do dia-dia através da honesta e boa mesa pernambucana era a proposta. Auto-mastigar a cidade que muitas vezes passa despercebida, era o tour dos personagens e dos recantos, um incrível antropofagismo à Oswald de Andrade...

                slow_caf_reforo_nordestino.jpg

Em Recife a vida pulsa nos mercados públicos, nesses espaços, o caráter de sua gente é literalmente revelado. No Mercado da Encruzilhada, localizado no bairro homônimo e aglutinador da zona norte da cidade, foi o primeiro ponto de encontro do grupo. Construído na década de 50, nos seus mais de 200 boxes, são comercializados de tudo: verduras, cereais, miudezas em geral, artesanato, frios, carnes e aves. Destaque para a carne de sol e para a lingüiça de porco caseira, uma das melhores da capital.

Conheça mais sobre Slow Food InternacionalFundação Slow Food para BiodiversidadeTerra MadreUniversidade das Ciências Gastronômicas

» SLOW FOOD BRASIL | Login »»

© 2013 Slow Food Brasil. Todos os direitos reservados aos autores das fotos e textos.
Não é permitido reproduzir o conteúdo deste site sem citar a fonte, link e o autor.
Design e desenvolvimento: DoDesign-s