Localizada no município de Bragança, que compreende seis distritos, a comunidade faz produtos derivados de mandioca. O cultivo da mandioca é a principal atividade nesta área, onde prevalece uma economia de subsistência. Um ingrediente típico da culinária indígena tradicional da Região amazônica, a farinha d’águaé obtida deixando-se as raízes de mandioca de molho durante três a oito dias, depois elas são processadas e amassadas manualmente em vasilhas tradicionais chamadas tipiti. Em seguida a massa é cozinhada num forno especial. Este alimento constitui a base energética da dieta dos povos da região amazônica, e é usado em receitas doces e salgadas. A farinha d’água é comercializada diretamente pelos produtores, membros do Projeto Mandioca do Instituto Maniva, cujo objetivo é promover a produção tradicional da farinha de mandioca em todo o país.

Estado/Região/Território: Pará/ Norte
Município: Bragança

Coordenador da Comunidade
Benedito Batista da Silva, telefone +55 (91) 8855 9507
nazaf@eletronet.com.br
Instituto Maniva, telefone +55 (21) 2267 4012