Slow Food Brasil

Cadastre o seu e-mail e receba novidades:

A Comunidade está organizada na forma da Cooperativa de Produção da Região do Piemonte da Diamantina - COOPES e se localiza na região semiárida da Caatinga e o produto é da mata nativa. O licuri (Syagrus coronata) representa uma importante fonte de renda para as comunidades do semiárido baiano. O extrativismo predomina na região, algumas comunidades se destacam na produção de Licuri, como: Alto do Capim/Quixabeira (descendentes de quilombolas), Jabuticaba e Várzea do Canto/Quixabeira, Caiçara/Capim Grosso, Barra Nova/ Várzea do Poço, Capoeira do Milho/ Várzea da Roça, etc. Atualmente as comunidades que cultivam licuri tem apoio de algumas universidades nas pesquisas sobre essa palmeira, tais como Instituto Federal Baiano, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, Universidade de Feira de Santana, dentre outras. As comunidades trabalham com o licuri, sendo, em muitos dos casos, a única fonte de renda dessas famílias. Esta cultura é transmitida de pai para filho e a quebra do licuri é realizada por homens e mulheres.  A escassez das chuvas, o desmatamento e urbanismo têm diminuído a produção de licuri ao longo dos últimos anos.

Existem junto à comunidade o Convívio Slow Food Licuri e as Fortalezas do Licuri e do Mel de abelha Mandaçaia. O licuri é um produto da Arca do Gosto é um produto da Arca do Gosto e é uma palmeira bem adaptada às regiões secas como o bioma da Caatinga no Nordeste. Essa palmeira produz um coquinho, o qual possui uma amêndoa comercializada nas comunidades. A extração dos cocos ocorre quando atingem o período de maturação e caem naturalmente do pé. As mulheres retiram os cachos da palmeira, os coquinhos e colocam para secar no terreiro de suas casas. O beneficiamento da amêndoa gera produtos como, licuri torrado, licuri caramelizado, granola, cocada, paçoca, biscoitos, óleo, leite de coco, dentre muitos outros. O licuri ainda serve de matéria prima para a produção de bijuterias e utensílios domésticos.

O coco do licuri produzido nas comunidades, possui um sabor bem característico, sendo usado como matéria prima para a confecção de deliciosos pratos O coco é extraído de forma consciente. No beneficiamento do produto há a preocupação de se utilizar sempre um produto fresco (da estação) de respeitar e manter as características naturais do licuri no subproduto, propiciando  um sabor inigualável ao produto final.

Os produtos podem ser considerados limpos, pois a sua matéria prima é cultivada e extraída sem causar dano algum à natureza (os frutos são retirados apenas quando maduros, preservando os cocos que ainda estão verdes), não há uso de agrotóxicos nem de químicos que venham mudar as características naturais do produto.

Os produtos são considerados justos, pois desde a coleta até comercialização do produto final é respeitada a integridade física de quem acompanha todos os processos de produção. A comercialização é feita de uma forma justa, visto que o preço é definido de forma que seja justo, para quem produz e para quem consome.

O Licuri é extraído principalmente pelas mulheres, que quebram as cascas com uma pedra e retiram as amêndoas artesanalmente. Em seguida, embalado em sacolas e entregam, uma vez por semana, para cooperativa no município de Capim Grosso. Na cooperativa o licuri é beneficiado; torrado, embalado em vidros ou em sacos plásticos e comercializado através da Cooperativa. Alguns produtores também comercializam o licuri em feiras livres.

Estado/Região/Território: Bahia, Caatinga, Piemonte da Diamantina
Municípios:
Quixabeira, Capim Grosso, Serrolândia, Várzea do Poço, Mairi, São José do Jacuípe, Várzea da Roça, Jacobina, Caldeirão Grande

Referência da Comunidade:
Josenaide de Souza Alves, 74 99199-8569, naidemell@hotmail.com

Esta Comunidade do Alimento foi incluída pelo projeto:
Logo Novo Projeto site copy

Conheça mais sobre Slow Food InternacionalFundação Slow Food para BiodiversidadeTerra MadreUniversidade das Ciências Gastronômicas

» SLOW FOOD BRASIL | Login »»

© 2013 Slow Food Brasil. Todos os direitos reservados aos autores das fotos e textos.
Não é permitido reproduzir o conteúdo deste site sem citar a fonte, link e o autor.
Design e desenvolvimento: DoDesign-s