Slow Food Brasil

Cadastre o seu e-mail e receba novidades:

A Comunidade está organizada na forma da Associação dos Produtores e Agropecuaristas de Major Gercino e é formada por produtores de queijo artesanal de leite cru de diversas comunidades rurais do município de Major Gercino. O nome Diamante vem da comunidade com maior número de produtores e com maior produção, a comunidade de Diamante.

Situa-se em uma altitude média de 700 metros com invernos frios e com frequente ocorrência de geadas. A vegetação é subtropical. Foi colonizada por imigrantes ou descendentes de imigrantes basicamente alemães, mas também italianos, ucranianos, poloneses e luso-brasileiros.

Atualmente, em torno de 25 famílias se dedicam a essa atividade e produzem de 4 a 25 kg por dia. Esse número, infelizmente, tem diminuído.

O produto é vendido a atravessadores ou pelos próprios produtores a consumidores finais ou pequenos comércios das cidades de São João Batista, Nova Trento, Brusque, Canelinha e Tijucas.

A discussão em torno da legalização do queijo artesanal produzido nas comunidades de Major Gercino já vem de décadas. Porém o rigor da legislação em vigor tirou todas as esperanças de que esse produto viesse a ser formalizado e o mesmo continuou sendo comercializado de forma informal.

O queijo Diamante é um alimento produzido por agricultores familiares há mais de um século e vem sendo passado de geração em geração. O clima da região, as gramíneas nativas e a vegetação que se desenvolve nas pastagens, sua paisagem montanhosa e as florestas preservadas da região lhe conferem um caráter especial, tudo isso influenciando na sua identidade e no seu sabor.

O queijo artesanal diamante é produzido com leite fresco recém ordenhado ou com leite da última ordenha do dia anterior. Possui casca amarela, com textura macia e sabor suave. As olhaduras (pequenas bolhas que se formam na massa durante a maturação do queijo) são provenientes da ação de bactérias propiônicas, que conferem ao queijo um característico sabor amendoado, além de qualidades nutricionais e fisiológicas especiais. Possui notoriedade na região devido ao seu sabor e sua textura.

 

Estado/Região/Território: Região Sul

Esta Comunidade do Alimento foi inserida na Rede Slow Food pelo projeto:

Logo Novo Projeto site copy

 

Conheça mais sobre Slow Food InternacionalFundação Slow Food para BiodiversidadeTerra MadreUniversidade das Ciências Gastronômicas

» SLOW FOOD BRASIL | Login »»

© 2013 Slow Food Brasil. Todos os direitos reservados aos autores das fotos e textos.
Não é permitido reproduzir o conteúdo deste site sem citar a fonte, link e o autor.
Design e desenvolvimento: DoDesign-s