Slow Food Brasil

Cadastre o seu e-mail e receba novidades:

A Comunidade está organizada na forma da Associação de Produtores de Vinhos Naturais da Metade Sul. É um grupo de pequenos produtores de uva cultivada pelo processo de produção orgânica e biodinâmica e de vinho feito de forma natural. Estão inseridos em regiões tradicionais de viticultura, e uniram-se para resgatar e manter a tradição ancestral de cultivar uvas sem utilizar agrotóxicos e fazer vinhos de fermentação espontânea, sem a adição de qualquer produto químico, ou seja, sem intervenções, nada se retira, nada se coloca, natural. São famílias que lutam e acreditam no seu modo de produção sustentável, e que disseminam em suas comunidades essa cultura de produzir a uva e o vinho como alimento limpo desde o campo até a garrafa.

Os alimentos produzidos são a uva e o vinho. A uva é cultivada predominantemente na Serra Gaúcha, pelos produtores em suas propriedades, de forma biodinâmica é baseada na biodiversidade e na antroposofia, juntamente com práticas conservacionistas dos recursos de uma área produtiva.

Os vinhos são elaborados de forma ancestral, a colheita das uvas é manual, seu suco fermenta espontaneamente em recipientes como barro ou tanques de madeira, até virar vinho. As cascas são separadas, viram subprodutos como geleias, adubo, farinha de semente de uva e com o engaço é feita a compostagem.  Não há maquinário pesado para transformar a uva em vinho. A uva geralmente é pisada ou desengaçada e colocada para fermentar em tanques de barro ou madeira, onde seu suco se transforma em vinho.O sistema de produção de uva convencional hoje no mundo todo é um dos sistemas que mais empregam agrotóxicos dentre as frutíferas, e a forma de se fazer vinho deixou de ser natural, fermentos, enzimas, conservantes, materiais filtrantes, dentre tantos outras substâncias são utilizadas na sua elaboração.

O processo resulta em um vinho de altíssima qualidade, com uvas historicamente adaptadas cultural e biologicamente ao território, oxigenando uma rede de produtores e consumidores em toda a região. Os vinhos naturais não contêm fermentos, conservantes, coadjuvantes, materiais filtrantes ou estabilizantes, ou quaisquer aditivos que pudessem corrigir o vinho ali elaborado.

A comercialização é feita entre o produtor e o consumidor, ou restaurante/enoteca. O preço é construído baseado na safra das uvas e produtividade/área. Os vinhos custam acima da média de mercado, porém sua pureza e qualidade são incomparavelmente superiores.

 

Estado/Região/Território: Rio Grande do Sul/Região Sul

Municípios: Pinto Bandeira e Garibaldi

Referência da Comunidade: Marina Santos, (054) 9711 3088, ninaenologa@gmail.com

 

Esta Comunidade do Alimento foi incluída pelo projeto:

Logo Novo Projeto site copy

 

Conheça mais sobre Slow Food InternacionalFundação Slow Food para BiodiversidadeTerra MadreUniversidade das Ciências Gastronômicas

» SLOW FOOD BRASIL | Login »»

© 2013 Slow Food Brasil. Todos os direitos reservados aos autores das fotos e textos.
Não é permitido reproduzir o conteúdo deste site sem citar a fonte, link e o autor.
Design e desenvolvimento: DoDesign-s