Slow Food Brasil

Cadastre o seu e-mail e receba novidades:

A Comunidade está organizada em torno da produção da uva isabel por meio de várias cooperativas que se comunicam no núcleo da Rede Ecovida, entre estas cooperativas pode-se destacar: Cooperativa de agricultores ecologistas (AECIA). É formada por 35 agricultores e consumidores que têm especial interesse no uso de técnicas de agricultura ecológica e se preocupam com o meio ambiente e a biodiversidade. A Comunidade também organiza iniciativas de capacitação, durante as quais se discutem técnicas agrícolas tradicionais adequadas, bem como cursos de cozinha.

Os produtores e consumidores desta variedade incomum de uva (Vitis labrusca, conhecida como Isabel), no município de Antônio Prado, vive, em maior parte, na Serra Gaúcha, uma área com uma grande população de imigrantes alemães e italianos.

Durante reuniões e festivais, a comunidade também prepara pratos típicos com milho, tomates, feijão, morangos e uvas Isabel, que são usadas para fazer suco de fruta, vinho, bolos e vinagre. Quarenta por cento das uvas Isabel do mundo são atualmente plantados na Serra Gaúcha.

A uva Isabel tem forte ligação com a imigração italiana da Serra Gaúcha, e está intimamente ligada à cultura alimentar da população do território e aos primeiros vinhos produzidos na serra. As uvas são produzidas seguindo os princípios da agroecologia, respeitando o ambiente em que se encontram e a saúde de que planta , colhe e consome.

Para a produção, é usado forragem verde com diversas espécies de leguminosas e gramíneas ao redor dos pés para evitar ervas daninhas que possam competir com a parreira, para manter a umidade do solo e evitar a erosão. Os cultivos orgânicos seguem normas restritas sem uso de agrotóxicos que possam ser eficientes com o manejo do solo, manejo de pragas e doenças e manejo das plantas. Na época da poda, as leguminosas são capinadas e deixadas no solo para nutrir as parreiras e ajudar a se restabelecerem. A calda sulfocálcica e calda bordalesa são permitidas com controle de intensidade e esparsidade das aplicações.

As uvas agroecológicas tem grande apelo de mercado e preço maior que as uvas tradicionais, dados os cuidados necessários para o cultivo agroecológico. são comercializadas localmente no território entre agricultores e empresas de sucos orgânicos e vinícolas, com preços diferenciados em relação às uvas convencionais.

Durante reuniões e festivais, a comunidade também prepara pratos típicos com milho, tomates, feijão, morangos e uvas Isabel, que são usadas para fazer suco de fruta, vinho, bolos e vinagre. Quarenta por cento das uvas Isabel do mundo são atualmente plantados na Serra Gaúcha.

A uva Isabel tem forte ligação com a imigração italiana da Serra Gaúcha, e está intimamente ligada à cultura alimentar da população do território e aos primeiros vinhos produzidos na serra. As uvas são produzidas seguindo os princípios da agroecologia, respeitando o ambiente em que se encontram e a saúde de que planta , colhe e consome.

Para a produção, é usado forragem verde com diversas espécies de leguminosas e gramíneas ao redor dos pés para evitar ervas daninhas que possam competir com a parreira, para manter a umidade do solo e evitar a erosão. Os cultivos orgânicos seguem normas restritas sem uso de agrotóxicos que possam ser eficientes com o manejo do solo, manejo de pragas e doenças e manejo das plantas. Na época da poda, as leguminosas são capinadas e deixadas no solo para nutrir as parreiras e ajudar a se restabelecerem. A calda sulfocálcica e calda bordalesa são permitidas com controle de intensidade e esparsidade das aplicações.

As uvas agroecológicas tem grande apelo de mercado e preço maior que as uvas tradicionais, dados os cuidados necessários para o cultivo agroecológico. são comercializadas localmente no território entre agricultores e empresas de sucos orgânicos e vinícolas, com preços diferenciados em relação às uvas convencionais.

Estado/Região/Território: Rio Grande do Sul/Serra Gaúcha/Região Sul

Municípios: Antônio Prado 

Referência da Comunidade: César Augusto Volpato,  (54) 99637-2988, c.ecologico@terra.com.br

Esta Comunidade do Alimento foi revisada pelo projeto:

Logo Novo Projeto site copy

 

Conheça mais sobre Slow Food InternacionalFundação Slow Food para BiodiversidadeTerra MadreUniversidade das Ciências Gastronômicas

» SLOW FOOD BRASIL | Login »»

© 2013 Slow Food Brasil. Todos os direitos reservados aos autores das fotos e textos.
Não é permitido reproduzir o conteúdo deste site sem citar a fonte, link e o autor.
Design e desenvolvimento: DoDesign-s